Executando programas como administrador

Livro-GPO-Banner
Livro: Tudo Sobre GPOs no Windows Server 2008. 2012 e 2016.

Sempre surge a necessidade de executar programas como administrador em alguma situação. Porém o que muita gente não sabe é que não precisamos, necessariamente, dar acesso de administrador ao(s) usuário(s) para executar(em) tais programas. Há uma forma mais fácil, segura e eficiente que é através do comando RUNAS

Runas é uma ferramenta de linha de comando, que permite que um usuário execute ferramentas específicas e oferece programas com diferentes permissões. Para permitir que um usuário execute aquele programa como administrador, usaremos a seguinte sintaxe: runas /savecred /user:administrador. Agora vamos a prática:

1. Acesse com o perfil do usuário em que deseja que o programa seja executado como administrador.

2.
Após ter carregado o perfil do usuário, clicaremos com o botão direito do mouse no atalho do programa e selecionamos propriedades. No exemplo abaixo, estou testando com o programa Adobe.

1
3. Após clicaremos na aba atalho e em Destino digitaremos: runas /savecred /user:administrador antes do “C:\…”. Após, clique em Aplicar e Ok.

2

4. Agora executaremos o atalho. Será pedido a senha do usuário administrador. Digite a senha(note que quando digita a senha ela ficará invisível) e tecle ENTER.

3

5. Após ter digitado a senha e teclado ENTER o programa irá ser executado. Feche o programa e vá novamente no atalho do programa e execute. Após isso, o programa será aberto sem solicitar a senha.

Pronto! Caso um dia necessite alterar a senha, use o console contas de usuário. Para isso, digite no campo de pesquisa do Windows a palavra “executar” e depois execute.

5

Digite: control userpasswords2 e clique em Ok.

6

Será aberto uma nova janela. Clique na aba avançado e depois Gerenciar Senhas.

7

Agora clique em Credenciais do Windows e altere a credencial.

8

Gostou do artigo? Então, segue o link da venda dos meus livrosTudo Sobre GPOs no Windows Server 2008, 2012 e 2016 e Administrando O Active Directory Com O PowerShell. Neles tem inúmeras dicas úteis e práticas, demonstradas passo a passo e sem complicações, de como usar o Windows PowerShell para administrar o Active Directory e como trabalhar com políticas de grupo na administração de um domínio. 

– Link da venda do livro: Administrando o Active Directory com o PowerShell:

https://juliobattisti.com.br/loja/detalheproduto.asp?CodigoLivro=LIV0001545.

– Link da venda do livro: Tudo sobre GPOs no Windows Server 2008, 2012 e 2016.

https://juliobattisti.com.br/loja/detalheproduto.asp?CodigoLivro=LIV0001525

3
Clique na foto acima e receba os conteúdos do Blog no teu celular.
Diego Lima é autor do livro Tudo Sobre GPOs no Windows Server 2008, 2012 e 2016 e Administrando o Active Directory com o PowerShell. Possui mais de 200 postagens técnicas publicadas em diferentes sites de TI: TechNet, ProfissionaisTI, PuraInfo, AndersonPatricio.org, TIEspecialistas, além deste. É MTAC, MCSA, e um dos principais colaboradores sobre assuntos técnicos de GPOs, aqui no Brasil.

    9 Comentários

  1. Reinado
    3 03+00:00 março 03+00:00 2017
    Responder

    Boa noite! Aqui nao deu certo, apareceu “o arquivo nao pôde ser encontrado” Alguma sugestao? Obrigado.

    • 7 07+00:00 março 07+00:00 2017
      Responder

      Amigão, na parte que tem o caminho do programa: “C:\….” está certo? Verificou se o caminho até o executável está correto?

  2. Ronan Faccio
    21 21+00:00 fevereiro 21+00:00 2017
    Responder

    Ótimo artigo…com certeza é muito útil. Valeu…

  3. Jardel
    3 03+00:00 fevereiro 03+00:00 2017
    Responder

    Parabéns Diego pelo conteúdo, você me ajudou muito

  4. LUIS OLIVEIRA
    14 14+00:00 julho 14+00:00 2016
    Responder

    Ola Diego

    Otima Dica
    E quando eu fizer a reinicialização do computador ?? vai manter a configuração do executavel continuar executando como adm sem pedir a senha pela primeira vez

    • 14 14+00:00 julho 14+00:00 2016
      Responder

      Luis, quando reiniciar, continuará memorizada a senha no atalho do programa. Lembrando que a memorização da senha é vinculado ao usuário que foi configurado. Se outro usuário necessitar também executar um programa com privilégios de administrador, terá que fazer a configuração para ele.

Deixe uma resposta

Copy Protected by Chetan's WP-Copyprotect.
WhatsApp chat
%d blogueiros gostam disto: