Windows PowerShell: Alterando nome do Servidor

Neste tópico, você aprenderá a alterar o nome de um servidor com o Windows Server 2012 instalado pelo Windows PowerShell. Contudo, o administrador de rede, poderá usar os mesmos passos adaptando para a versão que esteja usando do Windows Server.

Exemplo Prático: 

1.         Faça o logon com a conta de administrador ou equivalente.

2.         Clique em:  -> Ferramentas Administrativas. Aparecerá vários consoles. Procure pelo console que tem o nome Windows PowerShell. Clique com o botão direito no nome do console e, no menu de opções, selecione “Executar como administrador”, conforme a figura 1.1.


Figura 1.1 – Ferramentas Administrativas – Windows PowerShell.

 Será carregado o console host do Windows PowerShell com o perfil do usuário Administrador carregado, conforme a figura 1.2.

 
Figura 1.2 – Console Host – Windows PowerShell.

No console host do PowerShell, vamos criar uma variável chamada $sysinfo em que a mesma irá armazenar as informações do servidor. Obteremos essas informações por meio do cmdlet Get-WmiObject, que tem como finalidade obter instâncias de classes WMI ou informações sobre as classes disponíveis. A instâncias (ou informações) que obteremos por meio do cmdlet Get-WmiObject serão a do sistema (servidor) e, para isso, informaremos a classe chamada Win32_ComputerSystem. Vamos lá.

3.         No console host do Windows PowerShell, digite o comando $sysInfo = Get-WmiObject -Class Win32_ComputerSystem, conforme a figura 1.3 e dê um Enter no teclado.


Figura 1.3 – Console Host – Windows PowerShell.

Feito isso, a variável $sysInfo irá armazenar as informações do sistema que são obtidas por meio do cmdlet Get-WmiObject, anteriormente explicado. Feito esse armazenamento das informações do sistema, poderemos alterá-las.

Vamos agora, alterar o nome do servidor para um novo nome chamado ServerDC1, acessando as propriedades do sistema armazenadas na variável $sysInfo. Primeiro, digitaremos o nome da variável em que está armazenada as propriedades do sistema e logo após, alteraremos uma dessas propriedades – que no nosso exemplo, é a propriedade do nome do servidor. Usaremos para isso o. Rename, que fará a alteração do nome do servidor para um novo nome que informaremos dentro dos parênteses (), logo a seguir. Vamos a prática.

4.         Ainda no console host do PowerShell, digite: $sysInfo.Rename(“ServerDC1”) e dê um Enter no teclado. Aparecerá uma mensagem informando que o servidor precisa ser reiniciado para a nova configuração de nome entrar em vigor. Feito isso, digite o comando shutdown /r para forçar a reinicialização do sistema. Aparecerá uma mensagem informando que você escolheu sair, conforme a figura 1.4 abaixo. 


Figura 1.4 – Reiniciando o servidor pelo comando shutdown /r.

5.         Clique em Fechar. Feito isso o servidor será reinicializado e configuração de nome entrará em vigor.

6.         Com o servidor reinicializado, podemos confirmar que o novo nome foi aplicado acessando as propriedades de sistema do servidor e procurando pelo campo Nome do Computador, conforme ilustrado na figura 1.5 abaixo.


Figura 1.5 – Propriedades do Sistema – Windows Server

Gostou do artigo? Então, segue o link da venda dos meus livros: Tudo Sobre GPOs no Windows Server 2008, 2012 e 2016 e Administrando O Active Directory Com O PowerShell. Neles tem inúmeras dicas úteis e práticas, demonstradas passo a passo e sem complicações, de como usar o Windows PowerShell para administrar o Active Directory e como trabalhar com políticas de grupo na administração de um domínio. 

– Link da venda do livro: Administrando o Active Directory com o PowerShell:

https://juliobattisti.com.br/loja/detalheproduto.asp?CodigoLivro=LIV0001545.

– Link da venda do livro: Tudo sobre GPOs no Windows Server 2008, 2012 e 2016.

https://juliobattisti.com.br/loja/detalheproduto.asp?CodigoLivro=LIV0001525

Anúncios
The following two tabs change content below.
Diego é graduado em Sistemas, MTAC (Multi-Plataform Tecnical Audience Contributor) e possui diversos cursos de qualificações nas áreas de Tecnologia da Informação. É autor também dos livros: Tudo Sobre GPOs no Windows Server e Administrando o Active Directory com o PowerShell.

Deixe uma resposta