Windows PowerShell: Alterando nome do Servidor

Neste tópico, você aprenderá a alterar o nome de um servidor com o Windows Server 2012 instalado pelo Windows PowerShell. Contudo, o administrador de rede, poderá usar os mesmos passos adaptando para a versão que esteja usando do Windows Server.

Exemplo Prático: 

1.         Faça o logon com a conta de administrador ou equivalente.

2.         Clique em:  -> Ferramentas Administrativas. Aparecerá vários consoles. Procure pelo console que tem o nome Windows PowerShell. Clique com o botão direito no nome do console e, no menu de opções, selecione “Executar como administrador”, conforme a figura 1.1.


Figura 1.1 – Ferramentas Administrativas – Windows PowerShell.

 Será carregado o console host do Windows PowerShell com o perfil do usuário Administrador carregado, conforme a figura 1.2.

 
Figura 1.2 – Console Host – Windows PowerShell.

No console host do PowerShell, vamos criar uma variável chamada $sysinfo em que a mesma irá armazenar as informações do servidor. Obteremos essas informações por meio do cmdlet Get-WmiObject, que tem como finalidade obter instâncias de classes WMI ou informações sobre as classes disponíveis. A instâncias (ou informações) que obteremos por meio do cmdlet Get-WmiObject serão a do sistema (servidor) e, para isso, informaremos a classe chamada Win32_ComputerSystem. Vamos lá.

3.         No console host do Windows PowerShell, digite o comando $sysInfo = Get-WmiObject -Class Win32_ComputerSystem, conforme a figura 1.3 e dê um Enter no teclado.


Figura 1.3 – Console Host – Windows PowerShell.

Feito isso, a variável $sysInfo irá armazenar as informações do sistema que são obtidas por meio do cmdlet Get-WmiObject, anteriormente explicado. Feito esse armazenamento das informações do sistema, poderemos alterá-las.

Vamos agora, alterar o nome do servidor para um novo nome chamado ServerDC1, acessando as propriedades do sistema armazenadas na variável $sysInfo. Primeiro, digitaremos o nome da variável em que está armazenada as propriedades do sistema e logo após, alteraremos uma dessas propriedades – que no nosso exemplo, é a propriedade do nome do servidor. Usaremos para isso o. Rename, que fará a alteração do nome do servidor para um novo nome que informaremos dentro dos parênteses (), logo a seguir. Vamos a prática.

4.         Ainda no console host do PowerShell, digite: $sysInfo.Rename(“ServerDC1”) e dê um Enter no teclado. Aparecerá uma mensagem informando que o servidor precisa ser reiniciado para a nova configuração de nome entrar em vigor. Feito isso, digite o comando shutdown /r para forçar a reinicialização do sistema. Aparecerá uma mensagem informando que você escolheu sair, conforme a figura 1.4 abaixo. 


Figura 1.4 – Reiniciando o servidor pelo comando shutdown /r.

5.         Clique em Fechar. Feito isso o servidor será reinicializado e configuração de nome entrará em vigor.

6.         Com o servidor reinicializado, podemos confirmar que o novo nome foi aplicado acessando as propriedades de sistema do servidor e procurando pelo campo Nome do Computador, conforme ilustrado na figura 1.5 abaixo.


Figura 1.5 – Propriedades do Sistema – Windows Server

Gostou do artigo? Então, segue o link da venda dos meus livros: Tudo Sobre GPOs no Windows Server 2008, 2012 e 2016 e Administrando O Active Directory Com O PowerShell. Neles tem inúmeras dicas úteis e práticas, demonstradas passo a passo e sem complicações, de como usar o Windows PowerShell para administrar o Active Directory e como trabalhar com políticas de grupo na administração de um domínio. 

– Link da venda do livro: Administrando o Active Directory com o PowerShell:

https://juliobattisti.com.br/loja/detalheproduto.asp?CodigoLivro=LIV0001545.

– Link da venda do livro: Tudo sobre GPOs no Windows Server 2008, 2012 e 2016.

https://juliobattisti.com.br/loja/detalheproduto.asp?CodigoLivro=LIV0001525

3

Clique na foto acima e receba os conteúdos do Blog no teu celular.

Anúncios
The following two tabs change content below.
Desde 2016 escrevo sobre Windows Server. De lá para cá, já são mais de 100 artigos, dois livros, diversos vídeos, muitas respostas em fóruns e bastante colaboração.

Deixe uma resposta